Trigo: O Alto Estoque Reduzirá Ainda Mais os Preços?

Os preços do trigo mole vermelho de inverno da Chicago Board of Trade começaram um período de longo prazo de mercado baixista há cinco anos, em julho de 2012.  Desde então, os preços caíram mais de 50%.  A boa notícia para os produtores de trigo é que os preços estão muito baixos pelos padrões de 2007-2017, US$4,30 por bushel, mas se mantém superiores aos níveis entre 1997 e 2006, quando os preços caíram abaixo de US$3,00 por bushel (Figura 1).  O que preocupa muitos produtores de trigo, no entanto, é o nível de estoque.  As taxas de estoques finais/uso raramente estiveram tão altas (Figura 2).  O nível dos estoques pressionará ainda mais os preços e levará o trigo abaixo de US$ 4,00 ou até a US$ 3,00 por bushel?

Figura 1: Os Preços do Trigo Não Estiveram Consistentemente Menores Desde 2006.

Figura 2: Taxa de Estoques Finais/Uso Mostra Estoque Perto de Recorde.

A boa notícia para os agricultores é que, enquanto o nível da taxa de estoques finais/uso tem uma relação inversa razoavelmente forte com o nível dos preços ajustados pela inflação, não há quase nenhuma influência de baixa no desempenho do preço futuro. Geralmente, os preços constantes do trigo em dólar são mais elevados em anos nos quais as taxas de estoques finais/uso são baixas e vice-versa (como em 2017) (Figura 3). Em outras palavras, os níveis elevados de trigo mantido em estoques explicam porque os preços já estão deprimidos.

Figura 3: Altas Taxas de Estoques Finais/Uso se Correlacionam com Preços Menores Constantes em Dólar.

Dito isto, a relação entre o nível da taxa de estoques finais/uso e alterações posteriores de preço está muito perto de neutra (Figura 4). O alto nível de estoques finais não necessariamente reduz ainda mais os preços e baixos níveis de estoques finais não causam sempre mercados altistas. Isto faz sentido em um mercado eficiente. Informações sobre estoques são incorporadas rapidamente aos preços e não se pode tirar vantagem posterior com a negociação fora delas. Dito isto, há ainda uma relação que vem à tona quanto ao impacto dos estoques finais: quando os níveis de estoque estão elevados, a volatilidade dos preços tende a ser baixa, e quando os estoques estão com preço baixo, a volatilidade tende a ser alta. Isto faz sentido neste caso: se a demanda pelo trigo aumenta em um ambiente de estoques elevados, isso pode ocorrer rapidamente pela liquidação dos estoques. Os preços não precisam disparar para incentivar a produção adicional na próxima temporada como pode ocorrer em um ambiente de estoques baixos. Isso ajuda a explicar a baixa volatilidade nas opções de trigo que, atualmente, demonstra uma notável falta de preocupação com o futuro. Cuidado: uma má colheita pode levar à queda dos estoques e a preços e volatilidade maiores.

Figura 4: Altas Taxas de Estoques Finais/Uso Geralmente Equivalem à Baixa Volatilidade Realizada.

Figura 5: Opções de Trigo são Negociadas Perto do Nível mais Baixo da Faixa Recente.

Ponto de partida

  • Depois de muitos anos de colheitas decentes e estoques crescentes, os preços do trigo estão nas mínimas da década.
  • As altas taxas de estoques finais/uso têm pouca influência sobre os movimentos de preço futuro para cima ou para baixo.
  • Os estoques elevados tendem, no entanto, a diminuir a volatilidade.
  • Uma má colheita pode reduzir estoques, elevando ainda mais preços e volatilidade. 

Aviso Legal

O “Grupo CME” é uma marca da CME Group Inc. e respetivas subsidiárias, que incluiu membros como a Chicago Mercantile Exchange Inc. e a CME Marketing Europe Limited.

Os instrumentos derivados negociados em bolsa e Over-the-Counter (OTC) não são adequados para todos os investidores e envolvem risco de perda. Os instrumentos derivados negociados em bolsa e OTC são investimentos alavancados e, porque apenas uma percentagem do valor do contrato é exigida para a negociação, é possível perder mais do que o montante inicialmente depositado para uma posição de instrumentos derivados negociados em bolsa ou OTC. Assim, os indivíduos que negoceiem nestes instrumentos devem apenas usar fundos que possam perder sem afetar o seu modo de vida. Além disso, apenas parte desses fundos deve ser aplicado numa negociação uma vez que não pode ser expectável que venha a lucrar em todas as negociações.

O CME Group, o logo Globo, a Globex e a CME são marcas registadas da Chicago Mercantile Exchange, Inc.; CBOT é uma marca registada da Board of Trade of the City of Chicago, Inc.; o NYMEX, New York Mercantile Exchange e o ClearPort são marcas registadas da New York Mercantile Exchange, Inc.; o COMEX é uma marca registada da Commodity Exchange, Inc.. Todas as outras marcas registadas pertencem aos seus respetivos proprietários.

A informação constante da presente apresentação foi compilada pelo Grupo CME apenas para fins de caráter genérico. Apesar de terem sido feitos todos os esforços para assegurar a precisão da informação aqui contida, o Grupo CME não assume qualquer responsabilidade por quaisquer erros ou omissões. Adicionalmente, todos os exemplos desta apresentação são situações hipotéticas, usadas apenas para fins elucidativos e não devem ser considerados como consultoria para investimento ou necessariamente como resultados efetivos de experiência de mercado. Todos os dados são obtidos pelo Grupo CME, salvo indicação em contrário.

Todas as matérias relativas a regras e especificações aqui incluídas estão sujeitas às regras oficiais da CME, CBOT, NYMEX e do Grupo CME, as quais prevalecem sobre aquelas. As regras atualmente em vigor devem ser consultadas em todos os casos relativos a especificações contratuais.

Esta comunicação não consubstancia um Prospeto nem é uma recomendação para comprar, vender ou manter qualquer investimento específico, ou para utilizar ou não utilizar qualquer serviço determinado. Esta comunicação destina-se apenas ao uso exclusivo das Contrapartes Elegíveis e Clientes Profissionais e não deve ser utilizada pelos Clientes Privados, que devem obter aconselhamento financeiro independente. A circulação deve ser restringida em conformidade.

CME European Trade Repository é uma denominação comercial da CME Trade Repository Limited, um repositório de transações registado no âmbito do EMIR, supervisionado pela Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários e dos Mercados.

A Chicago Mercantile Exchange Inc. é uma contraparte central (CCP) reconhecida no âmbito do EMIR. A Chicago Mercantile Exchange Inc., a Board of Trade of the City of Chicago e o New York Mercantile Exchange são bolsas (Recognised Overseas Investment Exchanges (ROIE’s)) reconhecidas pela Financial Conduct Authority.

Emitido pela CME Marketing Europe Limited. A CME Marketing Europe Limited (FRN: 220523) é autorizada e regulada pela Financial Conduct Authority no Reino Unido.

Sobre o autor

Erik Norland é Diretor Executivo e Economista Sênior do CME Group. Ele é responsável pela elaboração de análises econômicas sobre os mercados financeiros globais, identificando tendências emergentes, avaliando fatores econômicos e projetando seu impacto no CME Group e na estratégia de negócios da empresa e daqueles que negociam em seus diversos mercados. Ele também é um dos porta-vozes do CME Group sobre condições econômicas, financeiras e geopolíticas globais.

Veja mais relatórios de Erik Norland, Diretor Executivo e Economista Sênior do CME Group.

Wheat

Prices have taken a beating, dropping more than 50% over the past five years on the back of large inventories. Will the high stocks-to-use ratio continue to pressure the market or is the worst over? Hedge against volatility at the largest marketplace for grains using CME Group products.

Start Trading