Do que os Operadores de Opções Agrícolas estão 'Sorrindo'?

Nosso recente artigo a respeito de opções sobre produtos agrícolas mostrou entusiasmo com os preços relativamente baixos das opções no dinheiro (ATM, na sigla em inglês), especialmente em face da chegada do La Niña, embora numa ocorrência relativamente suave até agora. Tão interessante quanto as opções ATM são as opções de compra e venda fora do dinheiro (OTM, na sigla em inglês) que também estão contando sua própria história, indiscutivelmente, ainda mais desconcertante.

Se você perguntar a operadores de opções, o risco para o milho, trigo, soja e farelo de soja está fortemente voltado para alta.  Para cada uma destas commodities, os operadores de opções exigem um prêmio muito maior sobre as opções de compra OTM (com preços de exercício acima do preço atual) que as opções de venda OTM (com preços de exercício abaixo do preço atual) (Figuras 1 a 4).  Isso sugere um medo maior de uma alta do que de uma baixa de preços. 

Figura 1: A Volatilidade Implícita do Milho 'Sorri" em 20 de fevereiro de 2018.

Figura 4: A Volatilidade Implícita do Farelo de Soja 'Sorri' em 20 de fevereiro de2018.

Em alguns aspectos, ter medo do risco de alta não é tão surpreendente.  Quebras de safra são sempre uma possibilidade e têm o potencial de levar os preços para altas expressivas.  Recentemente, o farelo de soja tem sido assombrado pelas condições mais secas e quentes na Argentina.  Além disso, contribui para o medo de preços potencialmente mais altos o fato dos preços de bens agrícolas estarem baixos por padrões recentes e poderem ser negociados perto ou abaixo dos custos de produção de muitos agricultores.  Para encontrar preços que sejam um bom negócio abaixo dos níveis atuais, deve-se voltar para antes de 2007 (Figuras 5 e 6). 

Figura 5: Os Preços Deprimidos apontam para Riscos Maiores?

Figura 6: Os Riscos da Soja e do Farelo de Soja estão realmente apontando para Alta?

Entretanto, o que é mais preocupante sobre a proteção de tendência de baixa de preço barato é que a produção e o estoque estão disparando para todos os tipos de safras (Figuras 7-12).  Se o La Niña não prejudicar de maneira severa as colheitas na América do Sul, ou interferir no plantio ou na temporada de crescimento na América do Norte, o alto nível dos estoques finais e os níveis perto de recordes de produção de milho, trigo e soja poderiam colocar pressão de baixa sobre os preços.  Isso é particularmente verdadeiro se a produção do Mar Negro de milho e trigo continuar a aumentar. Se acreditarmos que mudanças futuras nos preços de bens agrícolas serão distribuídas normalmente (riscos de alta e de baixa iguais), então, a probabilidade de uma queda acentuada deveria ser igual à probabilidade de ganhos fortes nos preços.

Figura 7: A Projeção para 2018 é da Segunda Maior Produção de Soja já Registrada.

Figura 8: 2018 terá, provavelmente, os Maiores Estoques de Soja

Figura 9: A Produção de Milho de 2018 deve ser a Segunda Maior já Registrada.

Figura 10: O USDA Projeta o Quarto Maior Estoque Final já Registrado.

Figura 11: Produção Recorde de Trigo.

Figura 12: E Estoque de Trigo Recorde. Isso é Realmente Altista?

Finalmente, a oferta abundante não é o único risco de baixa.  Enquanto a economia global está em uma recuperação sincronizada que deveria sustentar um forte crescimento de demanda, as condições de crédito na China estão apertadas e isso tem o potencial de reduzir o crescimento no país mais populoso do mundo e colocar os preços de commodities e as moedas de mercados emergentes potencialmente debaixo de pressão renovada de baixa.  Para tanto, considere-nos céticos com o 'sorriso' assimétrico dos gráficos de volatilidade implícita no setor de bens agrícolas e preocupe-se com os riscos de alta e de baixa que podem ser mais equilibrados do que os operadores de opções previram.


Aviso Legal

O “Grupo CME” é uma marca da CME Group Inc. e respetivas subsidiárias, que incluiu membros como a Chicago Mercantile Exchange Inc. e a CME Marketing Europe Limited.

Os instrumentos derivados negociados em bolsa e Over-the-Counter (OTC) não são adequados para todos os investidores e envolvem risco de perda. Os instrumentos derivados negociados em bolsa e OTC são investimentos alavancados e, porque apenas uma percentagem do valor do contrato é exigida para a negociação, é possível perder mais do que o montante inicialmente depositado para uma posição de instrumentos derivados negociados em bolsa ou OTC. Assim, os indivíduos que negoceiem nestes instrumentos devem apenas usar fundos que possam perder sem afetar o seu modo de vida. Além disso, apenas parte desses fundos deve ser aplicado numa negociação uma vez que não pode ser expectável que venha a lucrar em todas as negociações.

O CME Group, o logo Globo, a Globex e a CME são marcas registadas da Chicago Mercantile Exchange, Inc.; CBOT é uma marca registada da Board of Trade of the City of Chicago, Inc.; o NYMEX, New York Mercantile Exchange e o ClearPort são marcas registadas da New York Mercantile Exchange, Inc.; o COMEX é uma marca registada da Commodity Exchange, Inc.. Todas as outras marcas registadas pertencem aos seus respetivos proprietários.

A informação constante da presente apresentação foi compilada pelo Grupo CME apenas para fins de caráter genérico. Apesar de terem sido feitos todos os esforços para assegurar a precisão da informação aqui contida, o Grupo CME não assume qualquer responsabilidade por quaisquer erros ou omissões. Adicionalmente, todos os exemplos desta apresentação são situações hipotéticas, usadas apenas para fins elucidativos e não devem ser considerados como consultoria para investimento ou necessariamente como resultados efetivos de experiência de mercado. Todos os dados são obtidos pelo Grupo CME, salvo indicação em contrário.

Todas as matérias relativas a regras e especificações aqui incluídas estão sujeitas às regras oficiais da CME, CBOT, NYMEX e do Grupo CME, as quais prevalecem sobre aquelas. As regras atualmente em vigor devem ser consultadas em todos os casos relativos a especificações contratuais.

Esta comunicação não consubstancia um Prospeto nem é uma recomendação para comprar, vender ou manter qualquer investimento específico, ou para utilizar ou não utilizar qualquer serviço determinado. Esta comunicação destina-se apenas ao uso exclusivo das Contrapartes Elegíveis e Clientes Profissionais e não deve ser utilizada pelos Clientes Privados, que devem obter aconselhamento financeiro independente. A circulação deve ser restringida em conformidade.

CME European Trade Repository é uma denominação comercial da CME Trade Repository Limited, um repositório de transações registado no âmbito do EMIR, supervisionado pela Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários e dos Mercados.

A Chicago Mercantile Exchange Inc. é uma contraparte central (CCP) reconhecida no âmbito do EMIR. A Chicago Mercantile Exchange Inc., a Board of Trade of the City of Chicago e o New York Mercantile Exchange são bolsas (Recognised Overseas Investment Exchanges (ROIE’s)) reconhecidas pela Financial Conduct Authority.

Emitido pela CME Marketing Europe Limited. A CME Marketing Europe Limited (FRN: 220523) é autorizada e regulada pela Financial Conduct Authority no Reino Unido.

Sobre o autor

Erik Norland é Diretor Executivo e Economista Sênior do CME Group. Ele é responsável pela elaboração de análises econômicas sobre os mercados financeiros globais, identificando tendências emergentes, avaliando fatores econômicos e projetando seu impacto no CME Group e na estratégia de negócios da empresa e daqueles que negociam em seus diversos mercados. Ele também é um dos porta-vozes do CME Group sobre condições econômicas, financeiras e geopolíticas globais.

Veja mais relatórios de Erik Norland, Diretor Executivo e Economista Sênior do CME Group.

Ag Hedging Options

Bountiful grain harvests across the world are boosting supplies of crops from corn to soybeans to wheat but out-of-the-money call options are signaling fears of prices moving higher. Hedge against the uncertainty with the suite of highly liquid CME agricultural futures and options.

Start Trading